Mariano de Xangó

LightBlog

Breaking

23 junho 2018

Ata Reunião Carta Magna da Umbanda na Região Sul do Brasil


TUCCM recebe a primeira reunião da Carta Magna Região Sul 
Pais e Mães de Santo da região Sul debateram no sábado (16), na Tenda de Umbanda Cacique Chefe da Mata, em Tijucas, a importância da Carta Magna da Umbanda à nível nacional. 


A primeira reunião da Carta Magna da Umbanda Região Sul foi realizada no sábado (16), na Tenda de Umbanda Cacique Chefe da Mata, em Tijucas. No encontro, que reuniu Pais e Mães de Santo, médiuns e simpatizantes da religião, foram discutidas inúmeras pautas, uma delas a respeito da importância do documento. 


Participantes de Mafra, Jaraguá do Sul, Joinville, Florianópolis, Balneário Camboriú, Camboriú e muitas outras cidades debateram ainda sobre ética, equipe multidisciplinar da Carta, próximos fóruns e Dia Nacional da Umbanda – Comemorado em 15 de Novembro. A equipe será composta ainda por pedagogos, advogados, profissionais da segurança pública, entre outros. A mesma equipe deverá estudar o Estatuto da Promoção da Igualdade Racial. 
Segundo o Coordenador da Carta Magna da Região Sul, Professor Félix, falta conhecimento até mesmo de alguns médiuns, que inclusive não sabem a história da Umbanda. “Muitas vezes as crianças não conhecem a umbanda como religião oficial do Brasil. E nós temos uma religião oficial. Aqui no país a tradição é o cristianismo”, salienta. Ele também reforça que é preciso inserir os umbandistas no papel da carta magna. “Me sinto confortável pra conversar sobre os direitos. Meu papel enquanto profissional é fazer a provocação. Temos que fazer o documento comum. O congresso tem documentos sobre religiões e umbandista não tem. Nós precisamos fazer da Umbanda”, comenta. 
Na avaliação de Pai Sady, dirigente da TUCCM, seu terreiro não abriu a casa para nenhuma das federações, e sim para a Carta Magna. “Foi convocado diversas federações, porém não é o objetivo. O papel dessa reunião não é dogmático, mas criar ações para que os dogmas sejam fortalecidos”, reforça. A próxima reunião deve ocorrer no Terreiro da Vó Luiza, em Camboriú, o mês de Julho. Além disso, ficou acordado um grande evento no dia 15 de novembro na TUCCM, com gira de Caboclo e Preto Velho.




 

O QUE SÃO OGÃNS?

O QUE SÃO OGÃNS?
Ser Ogam é muito mais do que ser aquela pessoa no fundo do Terreiro, tocando pontos para as entidades, médiuns e assistentes. Ser Ogam é participar de forma efetiva e consciente nos trabalhos. Isso exige conhecimento, humildade, concentração, responsabilidade, mediunidade e amor. O Ogam é o responsável pelo canto, pelo toque, pela sustentação, pela parte física e equilíbrio harmônico dos rituais. Diferente do que muita gente pensa, um Ogam pode incorporar, porém, a sua mediunidade manifesta-se normalmente, de forma diferente do restante do corpo mediúnico. Manifesta, principalmente, através da intuição, das suas mãos, braços e cordas vocais. Os atabaques, quando devidamente consagrados e ativados pelos Ogãns, são verdadeiros instrumentos de auxílio espiritual, pois são capazes de canalizar, concentrar e irradiar energias que tanto podem ser movimentadas pelo próprio Ogam como pelas entidades de trabalho para os mais diversos fins

Juntos Somos Mais Forte!

Alguns textos, poemas e fotos foram retirados de variados
sites, caso alguém reconheça algo como sua criação e não
tenha sido dado os devidos créditos entre em contato.
''A intenção deste blog não é de plágio, mas sim de espalhar conhecimento e manter viva a nossa historia"

Ass: Mariano de Xangó
mariano_xango@yahoo.com

Quero fazer um pedido para vocês que se conectam com o nosso Blog.

Deixem seus comentários, pedidos e opiniões para que nosso blog fiquem cada vez mais atualizado para você, com bastante conteúdo quero que vocês nós ajudem,

E vocês de Axé se quiserem postar uma cantiga também será bem recebido.

Vamos fazer do blog um lugar informativo ao povo de Axé.
Obrigado!!!
e Axé a todos!!!!

Radio Sensorial Fm

Nosso Canal no youtube