Mariano de Xangó

LightBlog

Breaking

14 janeiro 2018

Enfim, fundamos nosso Terreiro de Jurema, Casa das Matas do Reis Malunguinho foi aberta ao público!


A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, multidão, árvore e atividades ao ar livre

Enfim, a Casa das Matas do Reis Malunguinho foi aberta ao público. Este terreiro já existia em sua essência e força há muitos anos... Em minha casa em Peixinhos, onde já atendia muita gente com a ciência mestra da Jurema e com as cartas ciganas que “trabalho” desde os meus 7 anos de idade.

No último dia 06 de Janeiro de 2018, que no calendário cristão é dia de Reis, ou dia dos Três Reis Magos – Belchior, Baltasar e Gaspar, o nosso terreiro, celebrou o dia da abertura religiosa do calendário anula do Povo da Jurema e a fundação da Casa em novo endereço. Distante de realizar qualquer culto aos Reis Magos, a casa celebrou o Reis Malunguinho, divindade que é responsável pela chave que abre e fecha os portões sagrados das cidades da Jurema e que também defende todas as porteiras dos terreiros que praticam essa religião de matriz indígena do Nordeste do Brasil. Também, essa divindade, foi em vida, ou foram em vida (já que existiram vários os Malunguinhos), um (uns) herói negro/indígena na luta pela liberdade do povo negro no Quilombo do Catucá, na primeira metade do Século XIX.

Esse Preto, espírito de luz, forte e protetor, teve em sua homenagem, uma linda celebração que contou com participação de meus afilhados e afilhadas, amigos, parentes, artistas da cultura negra etc. que foram em nossa casa para vivenciar este momento único na minha história sacerdotal e na luta pelo fortalecimento de nossa religião.

Estou muito grato pela glória de fundar uma casa (seu último endereço ainda será na Mata Sagrada do Catucá, em Abreu e Lima [no futuro]), no Sítio Histórico de Olinda. Agora somos três templos de culto à ancestralidade negra e indígena no espaço das elites de Pernambuco. O histórico terreiro Palácio de Iemanjá, a tradicional e resiliente Casa do Caboclo Jupirací de Dona Maria José na Rua da Palha, e agora a Casa das Matas do Reis Malunguinho, formam um conjunto representativo da fé de nosso povo dentro do círculo patrimonial de Olinda. Este detalhe é importante!

Agradeço a todos e todas, meus afilhados e afilhadas, que com profunda dedicação e amor, fé e cumplicidade, me ajudaram a dar conta de tantos afazeres para preparar a simples festa que demos ao público.

Cada momento das obrigações, da entrega das oferendas, da feitura das comidas, da preparação da decoração da casa, da luta para servir da melhor forma os convidados e convidadas, etc. tudo foi de muita luz, paz, equilíbrio e alegria. Esse é o objetivo de nosso terreiro, acolher, dar paz e trazer boas energias a partir da fumaça sagrada das entidades e divindades, para confortar quem precisar e quem nos procurar.

Tenho que fazer aqui um agradecimento especial ao próprio Reis Malunguinho, patrono da casa, que com muita atenção, tem nos aberto os caminhos e nos trazido todos os recados positivos que precisamos e merecemos. Esse velho, que por horas é grosso, exigente, temperamental, é de um amor imenso pela missão que ele mantém na Terra, a da libertação de seu povo...

Eu, como discípulo da Jurema, um jovem juremeiro (mas dedicado e perseverante), entreguei há muitos anos minha vida a espiritualidade negra e indígena. Manterei-me atento a força branca do Racismo. Eles não passarão! Nossa casa é uma casa para se empretecer e se indigenecer. Um local para cura, para a busca do equilíbrio espiritual, para a preservação das tradições, para a troca de saberes, cursos, maracatu, coco, forró, bacamarte, para receber pessoas de todo país que queriam pesquisar e conversar, e, para a busca de boas energias que nos ajudem a enraizarmo-nos em nossa ancestralidade.

A Casa está aberta. Venham me visitar. Consultas também podem ser feitas... Chega junto. A casa é nossa!

Em breve divulgaremos nosso calendário anual de reuniões e de festas. Aguardem. Também, divulgaremos o calendário dos cursos de língua, história e cultura yorùbá e kimbundo, aluas de percussão, aulas de juremologia e de orientação de pesquisas no campo afro indígena. Ainda, convidamos todas e todos para participar dos ensaios do Maracatu Nação do Reis Malunguinho, que após o carnaval irá iniciar seus ensaios.

Sobô Nirê Mafá!
Trunfa Riá!
Saramunanga Cipopá!
A Jurema Merece Respeito!

Casa das Matas do Reis Malunguinho
Endereço: Rua São João, n° 340. Largo do Amparo. Sítio Histórico de Olinda – PE. | Fone: 81 99525-7119 | 81 98887-1496

Foto de Joanah Flor (como não poderia ser diferente). 
Mais imagens na próxima postagem com todas as fotos de Joanah e Céu Mendonça.

Alexandre L’Omi L’Odò
Sacerdote Juremeiro da Casa das Matas do Reis Malunguinho
alexandrelomilodo@gmail.com

Fonte:

O QUE SÃO OGÃNS?

O QUE SÃO OGÃNS?
Ser Ogam é muito mais do que ser aquela pessoa no fundo do Terreiro, tocando pontos para as entidades, médiuns e assistentes. Ser Ogam é participar de forma efetiva e consciente nos trabalhos. Isso exige conhecimento, humildade, concentração, responsabilidade, mediunidade e amor. O Ogam é o responsável pelo canto, pelo toque, pela sustentação, pela parte física e equilíbrio harmônico dos rituais. Diferente do que muita gente pensa, um Ogam pode incorporar, porém, a sua mediunidade manifesta-se normalmente, de forma diferente do restante do corpo mediúnico. Manifesta, principalmente, através da intuição, das suas mãos, braços e cordas vocais. Os atabaques, quando devidamente consagrados e ativados pelos Ogãns, são verdadeiros instrumentos de auxílio espiritual, pois são capazes de canalizar, concentrar e irradiar energias que tanto podem ser movimentadas pelo próprio Ogam como pelas entidades de trabalho para os mais diversos fins

Juntos Somos Mais Forte!

Alguns textos, poemas e fotos foram retirados de variados
sites, caso alguém reconheça algo como sua criação e não
tenha sido dado os devidos créditos entre em contato.
''A intenção deste blog não é de plágio, mas sim de espalhar conhecimento e manter viva a nossa historia"

Ass: Mariano de Xangó
mariano_xango@yahoo.com

Quero fazer um pedido para vocês que se conectam com o nosso Blog.

Deixem seus comentários, pedidos e opiniões para que nosso blog fiquem cada vez mais atualizado para você, com bastante conteúdo quero que vocês nós ajudem,

E vocês de Axé se quiserem postar uma cantiga também será bem recebido.

Vamos fazer do blog um lugar informativo ao povo de Axé.
Obrigado!!!
e Axé a todos!!!!

Radio Sensorial Fm

Nosso Canal no youtube