A intolerância religiosa foi tema de debate na Câmara Municipal de Areia Branca-RN, nesta sexta-feira (26), as 19h. O assunto é a temática principal do 13º Encontro de Religiosos de Matriz Africana da cidade, promovido pela Casa de Cultura de Matriz Africana Ilê Asé Dajó Ìyá Omì Sàbá.

O Babalorixá Noamã Pinheiro, palestrantes e convidados discutirão sobre o assunto em diversas perspectivas. “Sabemos que os adeptos de candomblé e umbanda são vítimas cotidianas de preconceito e intolerância por suas crenças e convicções, mas seguidores de outras doutrinas bastante difundidas como o cristianismo e o espiritismo também são atacados de diversas formas”, explicou.
Babalorixá Melquisedeque!

Mesa composta por Babalorixá Noamã Pinheiro, Babalorixá Melquisedeque, Mãe de Santo Kathia Cruz e a antropóloga Eliane Anselmo!



  
Babalorixá Noamã Pinheiro,Kathia Cruz e a antropóloga Eliane Anselmo!

Babalorixá Noamã Pinheiro, Babalorixá Melquisedeque, Mãe de Santo Kathia Cruz e a antropóloga Eliane Anselmo!




Vídeo da Palestra!
A intolerância religiosa foi tema de debate na Câmara Municipal de Areia Branca-RN, nesta sexta-feira (26), as 19h. O assunto é a temática principal do 13º Encontro de Religiosos de Matriz Africana da cidade, promovido pela Casa de Cultura de Matriz Africana Ilê Asé Dajó Ìyá Omì Sàbá. A intolerância religiosa foi tema de debate na Câmara Municipal de Areia Branca-RN, nesta sexta-feira (26), as 19h. O assunto é a temática principal do 13º Encontro de Religiosos de Matriz Africana da cidade, promovido pela Casa de Cultura de Matriz Africana Ilê Asé Dajó Ìyá Omì Sàbá. Reviewed by OGAM MARIANO DE XANGÔ on agosto 29, 2016 Rating: 5

Nenhum comentário

O QUE SÃO OGÃNS?

O QUE SÃO OGÃNS?
Ser Ogam é muito mais do que ser aquela pessoa no fundo do Terreiro, tocando pontos para as entidades, médiuns e assistentes. Ser Ogam é participar de forma efetiva e consciente nos trabalhos. Isso exige conhecimento, humildade, concentração, responsabilidade, mediunidade e amor. O Ogam é o responsável pelo canto, pelo toque, pela sustentação, pela parte física e equilíbrio harmônico dos rituais. Diferente do que muita gente pensa, um Ogam pode incorporar, porém, a sua mediunidade manifesta-se normalmente, de forma diferente do restante do corpo mediúnico. Manifesta, principalmente, através da intuição, das suas mãos, braços e cordas vocais. Os atabaques, quando devidamente consagrados e ativados pelos Ogãns, são verdadeiros instrumentos de auxílio espiritual, pois são capazes de canalizar, concentrar e irradiar energias que tanto podem ser movimentadas pelo próprio Ogam como pelas entidades de trabalho para os mais diversos fins

Juntos Somos Mais Forte!

Alguns textos, poemas e fotos foram retirados de variados
sites, caso alguém reconheça algo como sua criação e não
tenha sido dado os devidos créditos entre em contato.
''A intenção deste blog não é de plágio, mas sim de espalhar conhecimento e manter viva a nossa historia"

Ass: Mariano de Xangó
mariano_xango@yahoo.com

Quero fazer um pedido para vocês que se conectam com o nosso Blog.
Deixem seus comentários, pedidos e opiniões para que nosso blog fiquem cada vez mais atualizado para você, com bastante conteúdo quero que vocês nós ajudem,

E vocês de Axé se quiserem postar uma cantiga também será bem recebido.

Vamos fazer do blog um lugar informativo ao povo de Axé.
Obrigado!!!
e Axé a todos!!!!

Oração a Pai Xangó

Blogger news