Falando de exu...





Exu tem personalidade forte. É uma entidade que está numa faixa astral tão próxima da terra que chega a dividir conosco, qualidades e defeitos. Com ele tudo se fala, mas também tudo se ouve, por isso, cuidado com os pedidos na hora da consulta.

Exu não tem medidas e não julga, para ele não existem pecados, existem falhas de caráter e erros no livre arbítrio, ao se deparar com isso, Exu fala e aponta, não no sentido de julgamento, mas de alerta.

É um erro dizer que Exu mata e aleija, como entidade em busca de evolução (como todas na Umbanda), procura sempre fazer o bem e direcionar para o melhor caminho.

Não podemos jamais confundir o Exu de falange, esse que nos atende em suas giras, com os quiumbas, que, apesar de serem exus, estão em uma vibração muito baixa e não tem a exata noção de seu verdadeiro trabalho em terra. Esses sim podem ocasionar graves problemas a quem os procura, justamente por não saberem exatamente seu papel no astral. Eles tem fome e sede cegas e para satisfazê-las, fazem qualquer coisa.

Uma pergunta sempre ocorrerá aos que não conhecem bem os meandros umbandistas: - Como saber se estamos falando com um Exu ou um quiumba? Muito fácil! Pelas atitudes e forma de falar da entidade incorporada.

É sério e compenetrado, mas, algumas vezes, brinca e lança comentários sarcásticos e muitas vezes, picantes. No entanto, atende a todos com paciência e nunca deixa de aconselhar. É um Exu!

Está sempre praguejando, falando palavrões, prometendo quebrar pernas e cabeças a torto e a direito? É um quiumba!

Falando de exu... Falando de exu... Reviewed by OGAM MARIANO DE XANGÔ on agosto 10, 2011 Rating: 5

O QUE SÃO OGÃNS?

O QUE SÃO OGÃNS?
Ser Ogam é muito mais do que ser aquela pessoa no fundo do Terreiro, tocando pontos para as entidades, médiuns e assistentes. Ser Ogam é participar de forma efetiva e consciente nos trabalhos. Isso exige conhecimento, humildade, concentração, responsabilidade, mediunidade e amor. O Ogam é o responsável pelo canto, pelo toque, pela sustentação, pela parte física e equilíbrio harmônico dos rituais. Diferente do que muita gente pensa, um Ogam pode incorporar, porém, a sua mediunidade manifesta-se normalmente, de forma diferente do restante do corpo mediúnico. Manifesta, principalmente, através da intuição, das suas mãos, braços e cordas vocais. Os atabaques, quando devidamente consagrados e ativados pelos Ogãns, são verdadeiros instrumentos de auxílio espiritual, pois são capazes de canalizar, concentrar e irradiar energias que tanto podem ser movimentadas pelo próprio Ogam como pelas entidades de trabalho para os mais diversos fins

Juntos Somos Mais Forte!

Alguns textos, poemas e fotos foram retirados de variados
sites, caso alguém reconheça algo como sua criação e não
tenha sido dado os devidos créditos entre em contato.
''A intenção deste blog não é de plágio, mas sim de espalhar conhecimento e manter viva a nossa historia"

Ass: Mariano de Xangó
mariano_xango@yahoo.com

Quero fazer um pedido para vocês que se conectam com o nosso Blog.
Deixem seus comentários, pedidos e opiniões para que nosso blog fiquem cada vez mais atualizado para você, com bastante conteúdo quero que vocês nós ajudem,

E vocês de Axé se quiserem postar uma cantiga também será bem recebido.

Vamos fazer do blog um lugar informativo ao povo de Axé.
Obrigado!!!
e Axé a todos!!!!

Oração a Pai Xangó

Blogger news