Os 16 Mandamentos Yorubás


1 - Não digas o que não sabes, nem informes o que desconheces.

2 - Não faças rituais nem cerimonias dos quais não tenhas o conhecimento básico.

3 - Não desorientes e nem leves por falsos caminhos as pessoas que se aproximam em busca de ajuda.

4 - Não se deve enganar a nenhuma pessoa. Não mintas nem prejudiques a integridade de teu semelhante.

5 - Não pretendas ser sábio quando ainda não sejas. Disciplina teu crescimento pessoal.

6 - Deves ser humilde, libertar-te do egocentrismo e evitar o protagonismo.

7 - Não tenhas más intenções nem te tornes falso com os demais.

8 - Não rompas as proibições que te tenham ensinado nas regras de teu Itá. Não fales os segredos da cerimónia reservados unicamente para os iniciados.

9 - Os instrumentos sagrados devem manter-se limpos. Não deves tocá-los quando tenhas feito sexo ou tenhas algum pensamento indigno de um crente.

10 - Deves manter a tua Casa Templo limpa e exemplar. Dá o teu exemplo.

11 - Deves respeitar sempre os que são mais débeis e tratá-los bem e com muito respeito.

12 - Deverás respeitar e tratar muito bem aos nossos maiores e anciões.

13 - Respeita as leis morais. Não cometas infidelidade nem adultério. Não ambiciones a
mulher do teu próximo.

14 - Nunca atraiçoes um amigo, nunca atraiçoes a quem te tenha esticado a mão ou que tenha sido bom contigo no passado e sempre.

15 - Não fales mais que o devido, evita os falatórios, nem reveles os segredos ditos por alguém.

16 - Respeita integralmente aos que tem cargos importantes. Mesmo o respeito mútuo deverá conservar-se.
Os 16 Mandamentos Yorubás Os 16 Mandamentos Yorubás Reviewed by OGAM MARIANO DE XANGÔ on maio 20, 2011 Rating: 5

Nenhum comentário

O QUE SÃO OGÃNS?

O QUE SÃO OGÃNS?
Ser Ogam é muito mais do que ser aquela pessoa no fundo do Terreiro, tocando pontos para as entidades, médiuns e assistentes. Ser Ogam é participar de forma efetiva e consciente nos trabalhos. Isso exige conhecimento, humildade, concentração, responsabilidade, mediunidade e amor. O Ogam é o responsável pelo canto, pelo toque, pela sustentação, pela parte física e equilíbrio harmônico dos rituais. Diferente do que muita gente pensa, um Ogam pode incorporar, porém, a sua mediunidade manifesta-se normalmente, de forma diferente do restante do corpo mediúnico. Manifesta, principalmente, através da intuição, das suas mãos, braços e cordas vocais. Os atabaques, quando devidamente consagrados e ativados pelos Ogãns, são verdadeiros instrumentos de auxílio espiritual, pois são capazes de canalizar, concentrar e irradiar energias que tanto podem ser movimentadas pelo próprio Ogam como pelas entidades de trabalho para os mais diversos fins

Juntos Somos Mais Forte!

Alguns textos, poemas e fotos foram retirados de variados
sites, caso alguém reconheça algo como sua criação e não
tenha sido dado os devidos créditos entre em contato.
''A intenção deste blog não é de plágio, mas sim de espalhar conhecimento e manter viva a nossa historia"

Ass: Mariano de Xangó
mariano_xango@yahoo.com

Quero fazer um pedido para vocês que se conectam com o nosso Blog.
Deixem seus comentários, pedidos e opiniões para que nosso blog fiquem cada vez mais atualizado para você, com bastante conteúdo quero que vocês nós ajudem,

E vocês de Axé se quiserem postar uma cantiga também será bem recebido.

Vamos fazer do blog um lugar informativo ao povo de Axé.
Obrigado!!!
e Axé a todos!!!!

Oração a Pai Xangó

Blogger news